quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Os Polito de Guaranésia-MG

Meu nonno tinha 3 irmãos. Aliás, 3 meio-irmãos confirmados e a lenda de um quarto, mas nada que pudesse confirmar.

Stella, a mais velha e Domenico, o penúltimo, não faço até agora ideia de como se sucederam no Brasil. Já Giovanni Polito, que aqui se tornaria João Polito, se tornou o único irmão que conheceria até muito pouco tempo atrás.

Sobre Giovanni, ou João, sei que chegou em Amparo juntamente com o resto da família no desembarque de  Santos e anos depois ele se casou com Angela (ou Anna) Monesin, na Fazenda Guatapará em 28/02/1889. Teve na Fazenda ainda uma filha chamada Augusta, que faleceria aos 16 meses e teve seu sepultamento no cemitério da fazenda em 08/11/1894.

Segundo o primo distante Antonio Roberto Polito de Guaxupé, eles tiveram outra filha com o mesmo nome no futuro. Posteriormente sei que ele se dirigiu com a família para Guaranésia, pequena cidade de Minas Gerais, uma das pontas finais da Mogiana.

Lá, abriram uma Padaria chamada Padaria Brasileira, que ficava na Rua Santa Barbara, na foto abaixo:


Giovanni teve outros filhos. Sei que existiam Archimedes, Ricardo e uma terceira irmã. Outro primo distante da atualidade confirmou muitas histórias, uma delas que Ricardo teria assassinado a esposa (Maria Salla), por ciúmes. Na foto abaixo, Ricardo seria este com a mão ao rosto, em uma visita que ocorreu por volta de 1954 em Pradópolis. Na foto também estão João (atras de uma menina ao lado de Ricardo), um senhor ao fundo que não sei quem é, meu Tio avô Tonico e mais no canto esquerdo outra filha de Giovanni.

Minha prima Angela (filha de Tonico), descreve que na época eles pareciam elegantes, bem apresentados.


Abaixo uma sequencia as demais fotos seriam de seus filhos (Ricardo) e creio a outra ser da suposta esposa.



Um neto dele, Edelto, teria jogado na Portuguesa-SP. A foto abaixo é do campo de Guaranésia, muito antiga por sinal, visto o carro antigo.


Não tenho mais muitas informações. Recebi com muita gentileza informações do já citado primo Antonio Roberto e de Ricardo, outro primo muito gentil que forneceu fotos maravilhosas. Eu não tenho muitas informações de onde João Polito teria sido sepultado.

As fotos aqui postadas foram cortesia dos primos Ricardo Polito (Guaranésia/MG) e Mario Paulo (Pradópolis/SP) e minha tia Edna (Luiz Antonio/SP).


2 comentários: